Há um ano ouvíamos a formosa frase: Habemus Papam. A ansiedade pela sua apresentação foi rapidamente substituída pela ansiedade de ver seu modo de governo. Por isso, todas as linhas, sejam progressistas ou tradicionalistas iniciaram a tentar imaginar como seria seu governo. Afinal, qual é a linha do Papa? Revolucionário ou conservador?

Francisco define seu pontificado como um governo de serviço. Francisco desde a homilia inaugural de seu pontificado insiste:

<<Não esqueçamos jamais que o verdadeiro poder é o serviço, e que o próprio Papa, para exercer o poder, deve entrar sempre mais naquele serviço que tem o seu vértice luminoso na Cruz; deve olhar para o serviço humilde, concreto, rico de fé, de São José e, como ele, abrir os braços para guardar todo o Povo de Deus [1]>>

O Sucessor de Pedro é portanto aquele que serve a Deus e ao povo guiando a Igreja, defendendo-a dos lobos. Essa é a simples e suave guia da Igreja. Alguns ainda se perguntam: Para onde Francisco quer levar a Igreja?

Dom George Gänswein, seu secretário pessoal, é enfático: “Para Cristo, é para lá que ele quer levar”, pois o Santo Padre insistentemente põe como premissa de suas atitudes “eu sou filho da Igreja”[2]. O pontificado do Papa Francisco é portanto a condução suave de quem quer primeiro seguir o caminho da Igreja.

Mudanças aconteceram, mas nenhuma revolução (no sentido pejorativo da palavra): Tudo o que o Papa deseja é conservar a fé e ensiná-la em novos moldes. Assim como desejou o beato João XXIII fazer ao convocar o concílio Vaticano II. Cada dia fica mais claro que o Santo Padre quer apenas fazer a gentil reforma que os santos propõem. Assim como foi proposta pela Beata Madre Teresa de Calcultá, que ao ser perguntada o que ela mudaria na Igreja, respondeu: Você e Eu. [3]

Tristeza de muitos, e alegria do céu: O Papa Francisco é o Papa que guia, e só planeja guiar, a Igreja nos caminhos que Cristo instituiu. A grande novidade de Francisco é a eterna novidade da docilidade de Cristo, nada mais, nada menos.

Viva o Papa

[1] http://www.vatican.va/holy_father/francesco/homilies/2013/documents/papa-francesco_20130319_omelia-inizio-pontificato_po.html

[2] https://padrepauloricardo.org/blog/papa-francisco-eu-sou-filho-da-igreja

[3] http://www.romereports.com/palio/pope-speech-in-freiburg-should-the-church-change-to-reach-out-to-those-who-doubt-english-5005.html

 

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.


*