– A Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos e o Pontifício Conselho para a Cultura enviaram às Conferências Episcopais de todo o mundo um questionário, como parte de uma pesquisa que está sendo realizada sobre o estado da música sacra.

Conforme informou em um comunicado o dicastério vaticano, a cinquenta anos do Concílio Vaticano II, este estudo, que abrange todos os aspectos da música sacra (liturgia, formação, atividade pastoral, concertos), tem o objetivo de “refletir sobre o desenvolvimento ocorrido no campo da música e tem o desejo de oferecer uma contribuição ao ministério dos músicos para a glória de Deus e a santificação dos fiéis”.

Além das Conferências Episcopais, o documento também está dirigido aos Institutos religiosos e às Faculdades de Teologia.

Entretanto, o Conselho Pontifício da Cultura também colocou o documento ao alcance dos fiéis “para seu próprio uso e reflexão”.

Para baixar o documento, em formato PDF, pode ingressar em:

http://www.cultura.va/content/dam/cultura/documenti/pdf/musica/inquerito.pdf

Nota do Fides Press:
Eminências, a situação do Brasil é mais do que trágica. Já passou – e muito – da hora da Santa Sé tomar as devidas providências.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/vaticano-envia-questionario-sobre-situacao-da-musica-sacra-aos-bispos-de-todo-o-mundo-46735/

8 Responses

  1. Sérgio Augusto Galhardo

    TL acabou com a música sacra. E não sou só eu que digo. Repito as palavras de uma ex-TL, intelectual brasileira

    Responder
  2. Pedro

    E será que se tomarão providências? No Brasil a regra ainda é que as “novidades” somente, são coisas boas.Quando fui aos EUA, fui na missa. E depois que fui não quis perder nenhuma. São músicas belíssimas, muito bem tocadas e sem nada de toques populares ou palmas, todas usando instrumentos como órgão de tubos ou piano, tão belas que chorei. Quando voltei ao Brasil, bem, sinceramente, vou à missa porque sei o que é, porque sei que a Eucaristia está ali, mas sinceramente, não é algo que eu diga “convidativo” e que atrairia mais fiéis. As palmas, além de não deverem existir, só cansam os fiéis. As múscias, bem, quando não puxam pros “forrós” estilo pe. Antonio Maria, são aqueles “semi-gospel” da RCC… Não digo que são errados, mas uma coisa é musica para um show católico, outra coisa é musica para missa. E os padres não impõem nada disso. Acham que se se imporem, vão espantar os fiéis. Pois bem, eu sou pianista, e passo horas ouvindo música sacra no youtube, às vezes as musicas anglicanas e seus corais excelentes; sonho ainda, um dia entrar numa igreja e ouvir músicas como “Bread for the world” cantada pelo coral da Universidade de Notre Dame(pra mim a mais bela música católica americana) e demais músicas eruditas-sacras. Quando vou ao interior, na igreja de minha cidade, toco o harmônio antigo, instrumento tão belo e tão rico, mas que está abandonado há mais de 40 anos, sofrendo ação do tempo, e que ninguém sabe se impor para dizer que quer ouvi-lo nas missas, pois as “novidades” tomaram conta. Aqui, enquanto essas ideias de “todas as novidades são bem-vindas” não sumirem, a situação não vai melhorar. Aqui, a janela que o Papa abriu para entrar a “brisa” do Concílio Vatiano II tornou-se um tornado e desfigurou muita coisa.Sou católico, tenho 18 anos.Rezo para que a situação melhore.http://www.youtube.com/watch?v=vf0epnwbHCY

    Responder
    • Marcelo Ribeiro

      Pedro acho que vc não pode misturar ás coisas a realidade do EUA é diferente daqui para o Brasil.A igreja católica perdeu muito fieis para a igreja evangélica aqui no Brasil, por varias vezes escultei de amigos evangélicos pois a grande maioria deles já foram católicos, que a igreja católico é uma igreja morta pois quando eles iam nas missas, tocavam aquelas músicas tradicionais que dava até sono, é não tiro a razão deles amo missas assim, mais foi preciso renova para salvar a igreja católica, a renovação carismática católica RCC trouxer esse crescimento para nossa igreja resgatando vários fieis que estavam afastados e em outras denominações, aonde até evangélicos admiram nosso trabalho diferenciado, Sou Católico Renovado e apoio e que nosso santo Papa vem fazendo por nosso igreja.Assista esse vídeo –   https://www.youtube.com/watch?v=gozuy_LxgV4Outra coisa ás músicas renovadas que tocamos são todas liturgicamente corretas dentro do contexto Bíblico.Grandes Comunidades de Vida como a Comunidade Shalom é Canção Nova e outras tem CD com músicas maravilhosas voltadas para missas. Rezo para a renovação continuar crescendo e a união das igrejas…

      Responder
  3. Marcelo Ribeiro

    A igreja católica perdeu muito fieis para a igreja evangélica aqui no Brasil, por varias vezes escultei de amigos evangélicos pois a grande maioria deles já foram católicos, que a igreja católico é uma igreja morta pois quando eles iam nas missas, tocavam aquelas músicas tradicionais que dava até sono, é não tiro a razão deles amo missas assim, mais foi preciso renova para salvar a igreja católica, a renovação carismática católica RCC trouxer esse crescimento para nossa igreja resgatando vários fieis que estavam afastados e em outras denominações, aonde até evangélicos admiram nosso trabalho diferenciado, Sou Católico Renovado e apoio e que nosso santo Papa vem fazendo por nosso igreja.Assistam esse vídeo –   https://www.youtube.com/watch?v=gozuy_LxgV4Outra coisa ás músicas renovadas que tocamos são todas liturgicamente corretas dentro do contexto Bíblico.Grandes Comunidades de Vida como a Comunidade Shalom é Canção Nova e outras tem CD com músicas maravilhosas voltadas para missas. Rezo para a renovação continuar crescendo e a união das igrejas…

    Responder
  4. Victor Silva

    Achei estranho a parte em que cita: Formação dos cultores da Música para um serviço ministerial:3. A nível diocesano, regional ou nacional existem estruturas de formação musical litúrgica e espiritual para os vários papeis de animação (animador da assembleia, salmista, organista, compositor etc.)? Espera aí! Existe esse animador de assembléia? Explica aí produção.

    Responder
  5. juan

    acho que o Brasil tem muito para acrescentar na questão da música para o resto do mundo. Fora alguns exageros, o povo brasileiro consegue orar mais através da musica do que a maioria dos países de ocidente.

    Responder

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.


*