A perseguição ao cristianismo segue a todo vapor

O Tribunal Administrativo de Rennes, na França, acolheu o recurso apresentado pela Federação Nacional do Livre Pensamento, ordenando a remoção da estátua de São João Paulo II do centro de Ploërmel, pequena cidade da Bretanha. A municipalidade tem seis meses para retirar o monumento.
“A estátua é circundada por um arco sobre o qual está uma cruz, símbolo da religião cristã, e que pela sua disposição e dimensões, tem um caráter ostentatório”, justifica a decisão do Tribunal. Portanto, “deve ser removido de sua posição atual”, ordena a sentença. O que tornou a estátua “ilícita”, portanto, foi a presença do crucifixo sobre ela.

Os membros da Federação Nacional de Livre Pensamento exultaram com a decisão. A este propósito, nos meses passados a mesma federação fez remover em Savoia, uma estátua da Virgem Maria, por violar a Lei de 1905 sobre a separação entre Estado e Igreja.
Fonte: http://br.radiovaticana.va/news/2015/05/05/tribunal_franc%C3%AAs_obriga_remo%C3%A7%C3%A3o_de_est%C3%A1tua_de_jo%C3%A3o_paulo_ii/1141904

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.


*