Um policial militar passou por cima do tapete de Corpus Christi com um carro, nesta quinta-feira (15), em frente à Igreja São Sebastião em Ji-Paraná (RO), na Região Central de Rondônia. Segundo fiéis católicos, que ficaram revoltados com a ação, o condutor do veículo aparentava estar embriagado e, após destruir o tapete, relatou que decidiu destruí-lo por ser evangélico.

Segundo representantes da igreja São Sebastião, o caso aconteceu durante a manhã desta quinta-feira (15), quando o condutor passou pelo tapete e freou bruscamente, danificando parte da decoração.

A procissão da igreja está marcada para começar no fim da tarde.

Aos policiais, testemunhas informaram que o motorista aparentava estar embriagado e teria dito que passou por cima do tapete por ser evangélico e não concordar com a procissão da igreja católica.

Informações G1

3 Responses

  1. jeferson

    Esse rapaz de evangelico não tem nada e ainda por cima esta embriagado então não é evangelico e nós evangelicos respeitamos esse belo trabalho do tapete então isso acho que não procede

    Responder
  2. pedro goncalves

    Ele disse ser evangelico, ele pode ser um desviado porque evagelico de verdade nao toma bebidas alvolicas

    Responder

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.


*