Para promover um filme documentário, “Olmo e a Gaivota” , os atores Bruna Linzmeyer, Barbara Raquel Paz, Johnny Massaro, Nando Alves Pinto, Ricardo Targino, Alexandre Borges, Julia Lemmertz, Mumu, Nanda Costa, Gus Machado e Julia, todos funcionários da Rede Globo, participaram de um vídeo que põem o aborto como um direito da mulher.

Para embasar suas teses, eles recorrem de inicio ao problema histórico que teria feito com que as mulheres perdessem o referido “direito. “Falar de gravidez é um tabu. Vem desde Nossa Senhora, que engravidou virgem. Uma gravides sem sexo, sem corpo, sem desejo e sem medo. (Sem sexo?) Esse lance de virgindade (é) erro de tradução. Do hebraico pro grego…”, dizem os atores.

Sob uma mascara de defesa das mulheres, o promocional diz que a mulher é explorada, obrigada a ter o filho e patati e patata… Ora, ataques tão violentos a mulher tem uma origem, que vem, segundo o promocional, da classe intelectual e do show bussines.

Qualquer retardado conseguiria ver que, caso seja verdade o que é dito, essa realidade deveria ser, na mais branda das hipóteses, algo extremamente inconveniente. Verdades inconvenientes são denunciadas pelos agredidos. Nesse caso não, muito pelo contrário. Todos os grandes veículos de imprensa enalteceram o promocional. Isso deveria ser estudado: Como os agressores começaram a defender a vítimasem fazer nenhum tipo de mea culpa.

Em última análise, o vídeo demonstra um grande problema que vemos hoje: Pessoas desqualificadas a darem qualquer parecer básico sobre como somar 1+1 vomitam sua opinião. Essa opinião não é dada, como conviria, como algo de pessoas simples e sem relevância mas são anunciadas sob holofote digno de recepcionar os verdadeiros arautos da modernidade. A frente de suas contribuições intelectuais vem os trompetes da grande mídia. – Ahhh a grande mídia. Essa sempre tão solicita a se prostituir por verbinhas estatais. –

Qualquer pessoa sensata vê claramente que esses que gozam de um espaço proeminente na mídia não são referência no que discorrem. É claro que existe uma dissonância na importância e na escala de valores. Sejamos sinceros, caro leitor: Quem em sã consciência confiaria numa opinião de qualquer um dos artistas do vídeo? Quem confiaria a tradução de um texto em grego sobre a virgindade de Maria a um desses intelectuais (sic)? ou teria coragem de contar aos amigos que ouviu um conselho de, sei lá, Bruna Linzmeyer? Qualquer um teria vergonha de citá-los. Porque, de fato, eles são um nada em sentido intelectual.

Eles são artistas que desfrutam de um grande status na mídia, mas do ponto de vista intelectual nada representam e do ponto de vista artístico tem importância relativa. Sejamos sinceros, eles não reconhecidos por seu trabalho, mas pela empresa que trabalham. São pessoas que trabalham para um grande veiculo de comunicação, mas são insignificantes em si mesmos. Ninguém deixaria de assistir a programação normativa da emissora que os emprega para assisti-los em outro canal. De qualquer maneira, como a grande mídia repete as opiniões magistrais desses, tende-se a crer que o evidente não é tão claro assim.

Cabe a nós cuspir em qualquer jornal, revista ou canal que dê espaço a opinião desses.

OBSERVAÇÃO: (06/11/2015) a 01:12

Alguém questiona sobre um desconhecido dizer que os atores são um “nada” e que por isso não terem direito de opinar. Ora, o que foi questionado no texto não é o fato deles opinarem mas de pessoas que não tem nenhum domínio intelectual do assunto gozarem de um espaço proeminente na mídia.  

35 Responses

      • Fides Press

        João, você vai? Se não, como consegue chegar a essa análise?

      • uallas

        João vc fala isso pq vc ja nasceu… se fosse vc q estivesse no ventre da sua mae tava implorando pra q ela nao te matasse… fica a dica

      • Solange Ap. de Paula R. de Souza

        Na hora do vai que é bom ninguém pensou na gravidez, não é mesmo? Agora que se dane… tire uma vida….é tudo tão simples…. vocês me enojam… É direito da mulher de escolher… é também direito da criança querer viver…

      • Ju

        Diz isso porque vc já nasceu neh colega? Tlvz se tivesse sido “abortado” não leríamos essa sua sandice…

      • harianny

        se a pessoa não quer parir como vc bem disse,entao porque engravida?
        porque não se “cuidou” ?

      • Rubens Castelan

        engraçado será que vc pensa a mesma coisa quando vê uma criança presa dentro de um carro morrendo por esquecimento dos pais?, essa criança também foi abortada… será que vc pensa a mesma coisa quando esTá tendo prazer ..? SE VC SABE QUE CONSEQUÊNCIA PODE SER A GRAVIDEZ , PREVINA-SE, ENGRAVIDAR SABENDO QUE ISSO PÓDE ACONTECER TE FAZ TÃO MOSTRO(A) COMO QUELQUER HOMICIDA

      • Vanessa

        Crime foi sua mãe ter parido VC te criado e agora ter vergonha de ver o filho sendo a favor do aborto.

      • MÁXIMO

        Prezado João pense um pouco sobre o que você vociferou:
        “Crime por que não é você que vai parir, não é verdade?”

        Ora, sua digníssima mãe não deixou ‘parir’ você, não é mesmo? Inclusive para você poder estar agora defendendo o indefensável, sua mãe não lhe aplicou aplicou a pena de morte, o aborto, não é mesmo?

        Mas nos responda uma coisa: O ato de ela ter te dado à luz é crime ou não? O que você defende é a morte ou a vida? Se você disser que é a favor do aborto (na verdade pena de morte ao bebê inocente, incapaz e indefeso) porque é a favor da vida da mãe, então deveria ao menos perguntar a sua digníssima mãe se sua gravidez a pôs em risco de morte e, no entanto, ela não te abortou. Aliás, “todos os abortistas já nasceram”! Assim, não seja estúpido e cruel por querer ficar ‘politicamente correto’ com o mundo moderno pagão que inventou o dogma da ‘perpetuação das espécies’ animais e de todas as bestas (muitos de duas patas) e ao mesmo tempo o ‘controle da natalidade dos seres humanos’ que são os que cuidarão daquelas ‘bestas’! Assim, querer proteger as ‘bestas’ e ao mesmo tempo dizimar as pessoas ainda no ventre de suas mães é uma contradição que Satanás, autor da morte, sopra todos os dias nos ouvidos daqueles que se pensam acima da lei de Deus. Um abraço!

      • Renata Ribeiro

        O João não fala isso porque ele já nasceu,ele fala isso,porque ele sabe que a mulher que decidi abortar,tem o total direito de tomar essa escolha. O corpo da mulher é exclusivamente dela,ela faz dele o que bem entender e isso inclui escolher com seguir ou não com a gravidez,só ela sabe se vai conseguir ou não criar a criança. E se,ela decidir que não tem como,deve ser suportada pelo estado a seguir com sua escolha.

      • newton

        entao um estrupador pode fazer o que quiser que ele não pode ser punido???? aborto pra mim é o mesmo que um estrupador, assassino comete.

  1. Marcus

    Eles citam vários nomes históricos e fictícios, como o de Maria, a mãe de deus, para dar entendimento à mensagem.

    Responder
  2. Eva Diaz

    Na verdade muito me admira que um texto desse redigido (por quem mesmo?), afirme que os artistas citados são um nada, insignificantes em si mesmos, e por isso inaptos a emitir qualquer opinião sobre o assunto em questão. Um texto desse que não obedece nem os parâmetros básicos de pontuação e ortografia para ser publicado não pode ser um texto sério, muito diferente do trabalho realizado pelos artistas do vídeo. Não vi um estudo, uma pesquisa ou teoria, nem sequer um texto bíblico que pudesse embasar um contraponto ou crítica consistente ao vídeo dos artistas. O que li foi um texto mal escrito, repleto de ódio, conservadorismo acéfalo e desinformação.

    Responder
  3. Ronaldo

    O texto poderia ter ficado bom, mas bom mesmo! Não fosse o autor se utilizando do mesmo recurso que critica nos atores globais: minha opinião/julgamento per si. E aqui não estou questionando o fato de se opinar, mas sim de trazer a opinião como máxima e não como discussão. Enfim, só quero dizer que quando falamos/escrevemos sobre coisas assim, mais vale o convite ao diálogo do que a exposição crua e livre da nossa opinião. Não acha?

    Responder
    • Marcos Azambuja

      Concordo, Ronaldo. Apenas opinião, sem nenhuma referência bibliográfica, nenhum dado para discussão e debate.

      Responder
  4. Fabiano

    Culpa da igreja também. Com o comunismo entranhado desde sempre na CNBB o que queriam? A decadência moral do nosso país está só começando. Somos atacados e doutrinados pela mídia, pela igreja, etc., etc., etc.

    Responder
  5. RONALD VEIGA

    Foi tão perfeito no texto que quase desceu uma lágrima. Assino embaixo!

    Responder
  6. Isabela

    Ir contra o mensageiro é fácil, debater a mensagem requer bem mais que isso

    Responder
  7. Juliana Câmara

    Engraçado um espaço que se diz religioso dar espaço a um texto com tanto teor de ódio por quem pensa diferente

    Responder
    • Priscilla

      Não é ódio e sim indignação. Eles pensam diferente…. ok! Mas estão atacando a igreja quando colocam e duvidam da virgindade de Nossa Senhora! Então eles são os bonzinhos agora? Não conseguem expressar suas ideias sem atacar os principios da igreja! A Igreja e quem pensa ao contrário tem que se posicionar! O site está certo e para mim são os atores que entraram em descrédito fazendo tal papel!

      Responder
  8. Fernanda

    Direito da mulher em n ter o filho? E quem mandou abrir as pernas e engravidar? Hj só engravida quem quer, c ressalva de estupro q pode resultar em uma. Isso eh ridículo. Atores globais, formadores de opinião q são, prestarem-se a esse papel. E o q N. Sra tem a ver c essa palhaçada? Parem de mexer c o sagrado, principalmente para justificar suas imbecilidades. Estão todos deixando-se levar pelas investidas do encardido e querem fazer acreditar q isso eh normal?? Nunca!!! Deus tenha misericórdia!!!

    Responder
    • Aline

      Mas aí é que está, Fernanda… Vivemos uma ode à insensatez, ao disparate, à libertinagem, à imbecilidade… A mulher quer abrir as pernas pra quem quiser, mas não quer lidar com as consequências… Da mesma forma que quer sair na rua vestida como uma prostituta sem ter que lidar com comentários inconvenientes e homens interessados em apalpar a mercadoria pra ver se o que está na vitrine é o que parece…

      Vamos viver no reino da fantasia, onde o mundo é como queremos que seja: temos todos os direitos e nenhum dever… E atirar pedras em qualquer um que se negue terminantemente a entrar na terra do delírio conosco…

      Honestamente, eu teria vergonha de abrir minha boca pra dizer algo tão sem sentido que só serve pra uma coisa: provar que a cabeça do indivíduo é tão aberta que o cérebro aproveitou e pulou fora…

      Bem que cérebro poderia entrar na moda, não? Assim as pessoas começariam a usar…

      Responder
    • Daiane

      o encardido vive de sangue dos inocentes e é isso que ele quer sangue das crianças,e não há nenhuma parte da bíblia q

      Responder
  9. CLEBER

    Não tenho raiva, não tenho ódio, pois somos todos pecadores
    espero que Deus nos perdoe pelos nossos atos, vamos seguir o
    exemplo dele não julgue para não ser julgado, ame teu próximo
    como a ti mesmo, rezamo para que Deus nos de o dom de sua sabedoria. Amém

    Responder
  10. janaina

    Ahh mais como eu queria poder gravar a nossa chegada no céu , a cara de inocência de tantos incrédulos … ” a Jesus perdoa, eles não sabem o que falam “

    Responder
  11. Camila

    Acho que Nossa Senhora não tem nada haver, assim como a mulher engravida pq quer ou pq não tomou as precauções devidas! Mas tbm acho que se elas quiserem abortar é um direito delas, Deus vai julgá-las no fim. O julgamento não é nosso!

    Responder
  12. vera

    A opinião do autor, é normal para uma pessoa que segue os preceitos da religião católica.
    Só que quem já leu a bíblia de verdade sabe que Jesus em sua passagem pela Terra, pregou a tolerância, o não julgamento aos outros (lembram Maria Madalena?), o amor, o respeito ao próximo, as religiões alheias (‘todos os caminhos levam ao pai’) e principalmente o livre arbítrio.
    Então eu acho que cada um deve viver de acordo com seus preceitos, mas JAMAIS impor o seu modo de vida aos outros.
    Deus deu o livre arbítrio aos seres humanos e errado é um simples ser humano querer controlar a vida do outro, é querer ser Deus, tirar uma liberdade de escolha que Ele concedeu.
    Resumindo: É contra o aborto? É um direito seu. Mas você não tem o direito de comandar a vida e ações de outras mulheres. Cada um com suas escolhas e suas consequências.

    Responder
  13. Clauberto

    Incrível como até nas discussões ninguém propõem soluções. Só defesas de opiniões. Que muitas nem embasamento tem!
    Da onde vem o estupro? Da violência! Quantos estupradores são presos e nada acontece. Quem é o culpado de fato? Onde é a fonte o problema! Vivemos em um país onde deixa acontecer os fatos para depois da um jeitinho de resolver! Acaba com os estupradores e não terão o que discutir! Enquanto isso, aqueles que detém o poder irão decidir de acordo com suas necessidades e ganhos. Então torçam para que sua seja sua opinião!

    Responder
  14. herlane

    Achei a propaganda extremamente tosca! Como também achei desnecessário citar nossa senhora, o mínimo de respeito com quem opta e crê em determinada religião é sempre bom! Quanto ao aborto, sou totalmente contra , não quer ter filhos? Evite-os ou doe-os! Simples assim… Outra que não compreendi foi esses atores travestidos e “grávidos!” ????? Muito surreal, sem sentido… Pra falar a verdade: foram infelizes em toda a propaganda!

    Responder
  15. solange

    Fazem um video ruim sobre Maria mãe de Jesus e nossa mãe.Porque não fazem um video sobre tantos politicos nadando em dinheiro enquantos tantas pessoas não tem o que comer, principalmente no nordeste onde nem água nossos irmãos tem pra beber que tal investir em cestas basicas com quem precisa esse dinheiro dessa propaganda tão sem sentido..

    Responder

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.


*